Exames

Audiometria Clínica

Audiometria Clínica

A Audiometria com diagnóstico clínico é um exame que avalia a acuidade auditiva, ou seja, o nível mínimo que o indivíduo escuta e entende o que é dito. O objetivo deste exame é investigar se há alguma alteração auditiva que esteja causando perda de audição. Este exame também nos permite saber o Tipo e o Grau da Perda Auditiva, se é temporária ou permanente, e se o grau é leve, moderado, severo ou profundo. Além disso, o exame também avalia o nível mínimo de audição em que a pessoa discrimina/entende a fala. A Audiometria é recomendada para as pessoas que apresentam qualquer queixa auditiva, tanto para identificar e direcionar o médico no caso de uma patologia auditiva, quanto para prevenir que perdas auditivas se instalem.

Hoje em dia, nas escolas públicas, é obrigatório que seja realizado o exame de Audiometria Infantil em todas as crianças em fase escolar, a grande maioria das escolas particulares também já adotou esse procedimento, pois uma perda de audição na infância, pode gerar problemas de aprendizagem escolar.

A Clínica Espaço Fono também realiza Audiometria escolar.

Audiometria Ocupacional

Audiometria Ocupacional

O objetivo deste exame é verificar os níveis mínimos de audição e possíveis alterações auditivas dos trabalhadores expostos à ruído (níveis de pressão sonora elevados) e tem por finalidade prevenir, e/ou estabilizar perdas auditivas de origem ocupacional, ou seja, causadas por exposição a sons intensos por horas prolongadas no local de trabalho. Sendo assim, de acordo com o resultado do exame utiliza-se medidas de saúde e segurança cabíveis para evitar que o indivíduo possa perder a audição, ou ocorrer o agravamento de uma perda auditiva já existente.

Dentre estas medidades estão: mudança de função, uso de Equipamento de Proteção Individual Auditiva (EPIa), entre outras, que serão determinadas pelo profissional de saúde auditiva e segurança ocupacional da empresa.

Na Clínica Espaço Fono fornecemos o laudo padronizado de acordo com as exigências legais e as normais cabíveis recomendadas abaixo:

  • NR7
  • Portaria 19
  • Instrução Normativa do INSS
  • Ordem de serviço 608

 

Avaliação do Processamento Auditivo Central (PAC)

Avaliação do Processamento Auditivo Central (PAC)

Para diagnosticar esta alteração é necessário passar por uma bateria de exames de avaliação auditiva e identificar quais são as habilidades auditivas afetadas para direcionar o tratamento. Após o diagnóstico a criança deve ser encaminhada para tratamento o quanto antes com o objetivo de prevenir problemas de linguagem, aprendizagem e atrasos na fase escolar.

Para fazer a avaliação do Processamento Auditivo Central é necessário que a criança tenha a partir de 4 anos de idade e realize previamente o Exame de Audiometria Tonal e Vocal e Impedanciometria.

 

Quando devo realizar a avaliação do PAC?

  1. Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH).
  2. Dificuldade de Aprendizagem escolar.
  3. Crianças com dificuldade de alfabetização.
  4. Síndromes e alterações no desenvolvimento.
  5. Fala muito: O que? Hã?
  6. Desatenção.
  7. Problemas de Fala, leitura ou escrita.
  8. Dificuldade para entender a fala em ambientes ruidosos.

Emissões Otoacústicas (TESTE DA ORELHINHA)

TESTE DA ORELHINHA: O QUE É? E QUANDO REALIZAR?

A realização do exame de Emissões Otoacústicas Evocadas, mais conhecido como:“Teste da Orelhinha”, têm o objetivo de detectar precocemente as perdas auditivas em bebês, para que seja possível entrar com uma intervenção precoce oferecendo o suporte e recursos necessários para que a criança obtenha um bom desenvolvimento da linguagem e da fala, mesmo tendo uma perda auditiva.

Muitos não sabem, mas pesquisas revelam que a criança com perda auditiva quando diagnosticada antes dos 6 meses de idade, após a intervenção correta, ela se desenvolve bem próximo do desenvolvimento de uma criança normal.

Este é um teste indolor, não depende da resposta da criança e não tem contra-indicação.

A TRIAGEM AUDITIVA DEVE SER REALIZADA EM TODOS OS RECÉM-NASCIDOS, DE PREFERÊNCIA DURANTE A INTERNAÇÃO OU ATÉ O 1º MÊS DE VIDA

Agora é lei: Em Agosto de 2010 a Lei Federal 12.303 tornou obrigatório o “Teste da Orelhinha” em todos os hospitais e maternidades nas crianças nascidas em suas dependências.

Seu filho(a) não fez o Teste da Orelhinha na maternidade? Não perca tempo! Entre em contato conosco e agende o teste: (21)2223-0514

Imitanciometria/Impedanciometria

Imitanciometria/Impedanciometria

A Impedanciometria, imitanciometria ou timpanometria, é um exame que tem o objetivo de avaliar as condições da orelha média. É um exame indolor, não-invasivo e muito importante na bateria audiológica por ser um exame objetivo, ou seja, independente da resposta do paciente. O Exame avalia a presença de secreção na orelha média, mobilidade do sistema-tímpano- ossicular, desarticulação da cadeia ossicular, e disfunção da tuba auditiva. Por esse exame também é possível identificar o tipo de perda auditiva (se Condutiva ou Neurosensorial) contribuindo para o diagnóstico médico e direcionando sua conduta. Não tem contra-indicação e pode ser feito em bebês, adultos e crianças pequenas que não colaboram com a audiometria

Daniela Pimentel © 2014.  Crefono. 13137- Rj

Avenida Presidente Vargas, Nº583, Sala.712 – Centro – RJ  |  Tel.: (21) 2223-0514